CHINA: vai apresentar novo modelo ferroviário no País!

china_express

A CNR CHINA RAILWAY revelou que a partir de novembro próximo, deverá aplicar o novo mapa de trajetórias de trens no País. O trem-bala “Fuxinghao” entrará em funcionamento na linha ferroviária Beijing-Shanghai com uma velocidade de 350km/h, atingindo assim como o mais rápido do mundo. O “Fuxinghao” já passou por testes na linha Beijing-Shanghai. As provas científicas e as avaliações complexas mostram que a linha ferroviária de alta velocidade Beijing-Shanghai satisfazem as exigências de trem-bala de 350km/h. Em funcionamento a viagem de trem entre Beijing e Shanghai precisará apenas 4h30. [Thadeu H M Oliveira, de Beijing, China * Correspondente para a REV TRANSFERR TRENS & FERROVIAS BRASIL* Foto: Press]

Anúncios

Israelenses apresentam novo trem de alta velocidade!

israel_train

Israel realizou o primeiro teste do trem de alta velocidade que conectará as cidades de Jerusalém e Tel Aviv, e que atravessa uma pequena parte do território palestino ocupado da Cisjordânia. O trajeto foi percorrido em 28 minutos, segundo o jornal “Jerusalem Post”, tempo que reduz em mais de dois terços as cerca de duas horas a viagem entre as duas cidades em horário de pico. “O trem de alta velocidade garantirá o status de Jerusalém e a possibilidade de as pessoas que vivem ali abrirem negócios. Mudará totalmente a relação entre Jerusalém e o resto do país” – afirmou em nota de imprensa o ministro de Transporte israelense, Israel Katz. O projeto foi iniciado em 2001 e calcula-se que terá um custo final de US$ 1,8 bilhão, informou o portal de notícias “Times of Israel”. Para o trajeto, foram criados 38 km de ferrovia, um terminal subterrâneo em Jerusalém, cinco túneis e dez pontes. A viagem terá paradas no aeroporto internacional de Ben Gurion e na cidade de Modi’in. A empresa alemã  DBDeutxche Bahn assessorou a Israel Railways – estatal que opera os trens no país. O projeto finalmente foi autorizado e espera-se que esteja terminado e entre em funcionamento em abril de 2018. [Thadeu H M Oliveira, de Shangai, China, para a REV. TRANSFERR TRENS & FERROVIASBRASIL * Photo: Press]